BIBLIOTECA DE ALEXANDRIA 2014-001 – A FÚRIA DE SHARPE

Olá, amiguinhos.

Aoshi estreando post aqui no blog tentando empurrar nossos gostos de leitura nas cabecinhas de vocês (lá ele). Sempre procurando evitar ao máximo possíveis spoilers.

E para começar bem 2014, falemos sobre um livro de uma série de um autor (bonecas russas!) de que gostamos muito:

A Fúria de Sharpe

Nosso amigo Bernard Cornwell é um autor inglês que escreve principalmente sobre fantasia histórica. Mas o que isso significa, Aoshi? Significa, crianças, que ele pega eventos históricos e os utiliza como pano de fundo para contar as aventuras de seus personagens. Mais ou menos como naquele filme Titanic, mas menos romântico. Dentre suas obras mais famosas podemos citar as trilogias do Rei Artur e da Busca do Graal, os livros das Crônicas Saxônicas e a série sobre Sharpe, que fala sobre “as aventuras de um soldado nas guerras napoleônicas” (como descrito na capa).

De modo geral, essas aventuras são livros muito acima da média, mas a partir de um ponto ficou perceptível que o Bernard Cornwell ficou preso na fórmula do Sharpe arrumando altas confusões com seus superiores, catando a única mulher bonita do livro e salvando o dia no final. Talvez por isso meus livros favoritos da série sejam os primeiros que li, O Tigre de Sharpe e O Triunfo de Sharpe.

A Fúria de Sharpe é o décimo primeiro livro da série publicado em português pela Editora Record, e em uma grata surpresa, foge dessa armadilha. Ainda há uma mulher, ainda há problemas com superiores, mas em menor escala – o que é esperado dado o temperamento do figura. Com esses problemas removidos da equação, sobra espaço para Cornwell fazer o que sabe melhor: preparar o terreno para descrever batalhas sensacionais e, o que é mais impressionante, que realmente aconteceram. É impressionante como você se sente imerso nos combates, de forma dinâmica, didática e que o deixa tenso até o final.  Quem dera as aulas de História no colégio fossem assim.

Aliás, o período das Guerras Napoleônica é importantíssimo para a História do Brasil, visto que levou à fuga da família real portuguesa para cá no início do século XIX. Mas esse assunto é abordado tão superficialmente na escola que praticamente ninguém dá a mínima. Essa série de livros ajuda a resgatar esse período e a torná-lo muito mais interessante.

Resumindo, esse livro é mais do que recomendado e vocês devem lê-lo já. A única desculpa para não o fazer é se decidirem ler os anteriores antes (e nesse caso estarão perdoados). Até a próxima!

A FÚRIA DE SHARPE (Sharpe’s Fury)

Bernard Cornwell

Editora Record, 362 páginas

SINOPSE: No inverno de 1811, Sharpe está na Espanha. Após um combate contra as forças francesas, ele e seu pelotão são obrigados a recuar à cidade de Cádis. Lá, Sharpe passa a fazer parte de um perigoso jogo político envolvendo o embaixador Henry Wellesley, um violento padre e uma prostituta. Enquanto precisa lidar com os perigos das ruas do último reduto espanhol protegido pelos ingleses, o cerco francês à cidade aumenta, e Sharpe e seus homens precisam participar desse confronto decisivo que culminará na Batalha de Barrosa, um embate heroico e feroz que manchará as praias da Espanha de sangue.

PS: Caso alguém se interesse, segue a lista das outras  aventuras de Sharpe já publicadas pela Record.

O tigre de Sharpe (Índia, 1799)

O triunfo de Sharpe (Índia, setembro de 1803)

A fortaleza de Sharpe (Índia, dezembro de 1803)

Sharpe em Trafalgar (Espanha, 1805)

A presa de Sharpe (Dinamarca, 1807)

Os fuzileiros de Sharpe (Espanha, janeiro de 1809)

A devastação de Sharpe (Portugal, maio de 1809)

A águia de Sharpe (Espanha, julho de 1809)

O ouro de Sharpe (Portugal, agosto de 1810)

A fuga de Sharpe (Portugal, setembro de 1810)

Um comentário sobre “BIBLIOTECA DE ALEXANDRIA 2014-001 – A FÚRIA DE SHARPE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s