BIBLIOTECA DE ALEXANDRIA 002-2014 – JOGADOR Nº 1

O ser humano é uma porcaria na maior parte do tempo.

Os videogames são a única coisa que tornam a vida suportável.

Almanaque de Anorak, Capítulo 91, versos 1-2

Alô, criançada, o Bozo chegou, Aoshi aqui de novo para falar de mais um livro.

O livro escolhido para hoje é esse aqui (tentando sempre não dar spoilers):

Jogador Nº 1

A história do livro se passa em um futuro não muito distante. O planeta está bem diferente, e a maior parte da população passa seu tempo conectada ao OASIS, um ambiente virtual que é basicamente um Second Life bem mais evoluído. As pessoas estudam, trabalham e convivem no OASIS, e praticamente toda e qualquer informação pode ser acessada.

Antes de morrer, James Halliday, o criador do OASIS divulga uma mensagem de vídeo, posteriormente conhecida como O Convite de Anorak, pela qual informa que criou um Ovo de Páscoa (ou um Easter Egg, se preferirem =D) em algum lugar no ambiente do jogo, e que a primeira pessoa que o encontrar herdará toda sua fortuna. Porém, para encontrá-lo, será preciso achar três chaves escondidas que abrirão três portões, e em cada um deles um desafio deverá ser vencido.

As pessoas levaram a sério o desafio de Halliday. Devido a sua conhecida obsessão pela década de 80 e pelo final do século XX, muitos começaram a estudar aquele período (música, cinema, TV, quadrinhos e, principalmente, games de qualquer natureza) em busca de quaisquer informações que pudessem ser utilizadas, e surgiram os primeiros caça-ovos, pessoas que se dedicam exclusivamente à procura pelo Ovo de Halliday.

Muitos anos se passaram desde a divulgação do convite de Halliday. A moda mudou, refletindo o interesse renovado pelos últimos anos do século XX. Mas ninguém avançou na busca pelo Ovo. Até que em 2044 Wade Watts, nosso protagonista, encontra a primeira chave.

Sair de casa é superestimado.

Almanaque de Anorak, Capítulo 17, verso 32

Durante a busca pelo Ovo, Wade precisa mergulhar a fundo na cultura do final do século XX, e por isso muitos filmes, games, livros, músicas e seriados são mencionados e estudados. Além das dificuldades em enfrentar a própria busca, há ainda a corrida contra os demais caça-ovos e uma corporação poderosíssima, que busca a herança de Halliday para, enfim, ter poder total sobre o OASIS, o que leva a aventuras também fora do mundo virtual. E conforme o a busca vai avançado, nosso personagem sobe de nível, como num grande jogo de RPG, tornando-o mais apto a enfrentar desafios cada vez maiores.

Foi um grande prazer ler Jogador nº 1. Por ser um nerd que cresceu nos anos 80 e 90, foi possível entender grande parte das referências que aparecem ao longo da história (o que mostra que talvez eu precise sair mais de casa – ou não). E, ao mesmo tempo em que isso me fez gostar do livro, esse pode ser seu maior defeito: há realmente referências DEMAIS. Aqueles que não se importam com essa cultura não vão pegá-las, e não aproveitarão o livro da mesma forma – e provavelmente o acharão chato.

Então fica aqui o veredito: se você é um nerd velho e maluco como eu, assista a Jogos de Guerra no NETFLIX e leia Jogador nº 1 sem medo. Se já não é tão nerd assim, talvez seja melhor subir de nível antes de se aventurar pelo OASIS.

Até a próxima!

JOGADOR Nº 1 (Ready Player One)

Ernest Cline

Editora Leya, 462 páginas

SINOPSE: O ano é 2044 e, como o resto da humanidade, Wade Watts prefere o jogo OASIS ao mundo real. O jogo esconde as peças de um puzzle diabólico cuja resolução leva à riqueza incalculável. As chaves para o quebra-cabeças são baseadas na cultura do final do século XX e, por anos, milhões de seres humanos têm tentado encontrá-los sem sucesso. De repente, Wade consegue resolver o quebra-cabeça e ganha o prêmio, e, posteriormente, deve competir contra milhares de jogadores para conseguir o troféu. A única maneira de sobreviver é ganhar, mas para isso terá que abandonar sua existência virtual e lidar com a vida e o amor no mundo real, do qual sempre tentou fugir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s