Dia 591

Curitiba, 15 de maio de 2014

 10320459_630066763749202_3652117313151579842_n

Após cumprirmos nossas atividades laborais, jantamos com nosso amigo Nakasaki na Churrascaria Vallejo. Realmente a relação custos e benefícios dos rodízios não são boas para nós, pois ficamos satisfeitos muito rápido. É um lugar muito bom e barato. Recomendamos. Para saber mais sobre a churrascaria, clique aqui. Foi um jantar divertido.

10303940_630067027082509_1799811141673320202_n

Hoje vou colocar uma de nossas músicas aqui:

10374103_630105613745317_3912874203073921405_n

Ciúme – Ultraje a Rigor

Eu quero levar uma vida moderninha
Deixar minha menininha sair sozinha
Não ser machista e não bancar o possessivo
Ser mais seguro e não ser tão impulsivo

(Refrão)
Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme

Meu bem me deixa sempre muito à vontade
Ela me diz que é muito bom ter liberdade
Que não há mal nenhum em ter outra amizade
E que brigar por isso é muita crueldade

Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme

Eu quero levar uma vida moderninha
Deixar minha menininha sair sozinha
Não ser machista e não bancar o possessivo
Ser mais seguro e não ser tão impulsivo

Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme

O ôôô
O ôôô

Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme

Ciúme, ciúme
Eu me mordo de ciúme
Eu me mordo, eu me mordo de ciúme
Eu me mordo, eu me rasgo, eu me acabo
Eu falo bobagem, eu faço bobagem, eu dou vexame
Eu faço, eu sigo, eu faço cenas de amor
Ciúme, ciúme, eu me mordo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s